Mensagem da Presidente

Compartilhar

Esta não é uma mensagem de despedida. É uma mensagem de quem optou por passar para a retaguarda, colaborando sempre para a divulgação consciente da Doutrina Espírita.

Meu último mandato como Presidente da Federação Espírita de Mato Grosso do Sul encerra-se no final deste ano, com nova eleição de diretoria. À outras lideranças, deixo a tarefa que procurei cumprir com o melhor de mim por quatro gestões sucessivas. Sinto que chegou a hora de contribuir com essa decisão, tomada sob muita reflexão, nessa fase de amadurecimento do Movimento Espírita.

Há pouco mais de um ano, quando motivos graves e familiares fizeram-me ausentar da linha de frente, pude constatar que tudo o que havia sido planejado teve o devido andamento pela equipe dirigente da FEMS. Esse fato evidenciou o quanto caminhamos em nossos propósitos de trabalhar em equipes durante todo esse tempo. Por isso, a confiança de que a tarefa não sofrerá nenhum decréscimo em sua continuidade. Precisamos nos suceder e deixar a vida ter seu desdobramento natural.

O caminho foi trilhado com muito trabalho e muita dedicação de todos os que ladearam conquistas como a construção de nossa sede própria – um marco importante para todos; a realização de eventos com a participação de renomados palestrantes; o apoio irrestrito da diretoria da FEB à realização de dois congressos estaduais – fomos escolhidos como uma das quatro sedes, participando na organização do 4º Congresso Espírita Brasileiro promovido pela FEB; a reforma de nosso Estatuto, procurando adequá-lo aos novos tempos; nossas visitas a todos os Centros Espíritas do Estado; a implantação de bibliotecas espíritas nos presídios do Estado; a criação e manutenção dos corais infantil e adulto que abrilhantam momentos culturais no âmbito do Movimento e externo a ele, e, não poderia deixar de mencionar o fortalecimento das UREs e a implantação das UMEs em nossa capital, desenvolvendo as ações da FEMS em um esforço comum de unificação do movimento espírita federativo.

O que importa é a nossa união, nossa fidelidade aos propósitos esposados junto à divulgação da Doutrina Espírita pautados na fé e na ética. Isso vimos procurando fazer. Desta forma, não é uma despedida, é quase uma satisfação que dou aos companheiros nessa jornada, a qual nos manteremos unidos, em outros papéis, mas com o mesmo empenho e o mesmo amor. Estaremos juntos nas tarefas cotidianas do Movimento Espírita.

Obrigada pela confiança e pelo compartilhamento nessa caminhada.

Com gratidão e carinho,

Maria Tulia Bertoni.

Avenida Calógeras, 2209 - Centro, Campo Grande - MS, CEP 79004-380
 (67) 3324-3757    99864-3685